CONTEÚDOS

Saúde Mental

Heading

Veja dicas para realizar as resoluções de Ano-Novo

Passado o período de comemoração das festas, a maioria de nós começa a pensar nas resoluções de Ano-Novo. Não à toa, 84% delas estão relacionadas a retomada da dieta ou prática de exercícios, segundo o Internacional Food Information Council (conselho internacional de informação alimentar).

Apesar das nossas melhores intenções, a maioria de nós não segue as resoluções e, para muitos, essa queda não é gradual ao longo do ano. Na verdade, cerca de 25% das pessoas abandonam suas resoluções em 7 dias, e cerca de 50% das pessoas desistem até março.

Podemos entrar no Ano-Novo com uma atitude “vou conseguir”, mas inevitavelmente o entusiasmo passa e a realidade se instala. Quando dizemos a nós mesmos que este é o ano em que finalmente perderemos aqueles quilos extras, pode realmente ser o nosso otimismo “falando”. Ou seja, as pessoas tendem a superestimar a probabilidade de eventos positivos e subestimar a probabilidade de eventos negativos. 

Outra barreira para seguir as resoluções relacionadas à saúde é o fato de que quaisquer recompensas que vemos em uma alimentação mais saudável e exercícios físicos não se manifestam imediatamente. Nossa tendência de colocar mais valor na gratificação imediata, também conhecido como viés presente, torna difícil encontrar a motivação para sustentar o envolvimento em atividades que têm resultados de longo prazo.

Quando se trata de algo tão importante como melhorar nossa saúde, como podemos evitar enganar a nós mesmos? A chave para uma mudança duradoura de comportamento é a formação de hábitos. Hábitos são ações realizadas com frequência e automaticamente em resposta ao ambiente. E quando esse ambiente está cheio de técnicas comprovadas da ciência do comportamento para mudança de comportamento - como toques e incentivos - a pessoa tem uma chance maior de sucesso. Quer sua resolução de ano novo seja sobre sua saúde física, mental ou financeira, enraizar suas resoluções nos princípios da ciência comportamental é uma estratégia eficaz para a mudança de comportamento.

Pré-Compromisso com a Mudança

Somos, por natureza, uma combinação de “planejador-fazedor” - o planejador pensa no longo prazo e o executor pensa no aqui e agora. Enquanto um quer realizar o desejo por um donut, o planejador está pensando sobre a dieta mediterrânea - que é fundamental para a resolução de seu ano novo. O pré-comprometimento ajuda a alinhar seu “eu planejador e executor”. É a ideia de que você aumenta sua chance de sucesso fazendo as coisas com antecedência para tornar mais difícil, senão impossível, seu eu futuro encontrar uma maneira de recuar. Encontrar tempo e energia para se exercitar é difícil, mas se você já se comprometeu com o esforço, é menos provável que encontre uma desculpa.

Impulsionado Incentivos Financeiros

Às vezes, tudo de que você precisa é um empurrãozinho na direção certa - reforços positivos que sejam oportunos e relevantes e o ajudem a permanecer no curso, independentemente das tendências da vida diária. Seu dia a dia está muito agitado, prejudicando sua capacidade de controlar o estresse? Talvez um lembrete gentil de um aplicativo o ajude a ficar mais centrado após alguns minutos de exercícios respiratórios.


Claro, às vezes um mero cutucão não é suficiente para impulsionar a ação, que é onde os incentivos financeiros entram em jogo. A Vitality e a RAND Europe conduziram o maior estudo de mudança de comportamento sobre atividade física verificada, onde os membros se comprometeram a pagar um Apple Watch em parcelas mensais se não atendessem aos requisitos de atividade física. Se atendessem ao requisito, o pagamento daquele mês era anulado (ou seja, incentivo financeiro). 

O estudo descobriu que o benefício do Active Rewards com Apple Watch levou os membros a se engajarem em quase 5 dias - ou uma semana inteira de trabalho - mais atividades em relação aos que se engajaram apenas no Active Rewards semanais. Resumindo, os incentivos são ferramentas incrivelmente poderosas para ajudar a impulsionar uma mudança positiva de comportamento, desde a atividade física até a nutrição e muito mais.

Batendo as metas do ano e indo além

Mas tudo isso não é simplesmente realizar as resoluções de 2022 - trata-se de preencher a lacuna entre o seu eu presente e futuro, o planejador e o realizador. A ciência comportamental nos diz que valorizamos as recompensas atuais mais do que as recompensas futuras (portanto, os juros compostos para futuras economias para a aposentadoria muitas vezes não são tangíveis o suficiente para serem considerados valiosos hoje); tendemos a ver qualquer perda duas vezes mais poderosa, psicologicamente, do que qualquer ganho; e tendemos a preferir riscos conhecidos em vez de riscos desconhecidos, para citar apenas alguns. 

Mas este não é um endosso da ciência comportamental para a inércia - pelo contrário, é um apelo à ação para este ano e muitos anos depois. Munidos desse conhecimento, sabemos que, quer estejamos procurando adotar dietas mais saudáveis, rotinas de exercícios ou comportamentos financeiros, nossos instintos podem nem sempre ser o melhor guia. No entanto, existem ferramentas que podem nos ajudar a navegar com habilidade no complexo espaço do comportamento humano.

Virar a página não é tão fácil quanto se esperava - envolve um constante empurrão e puxão entre nossas motivações inerentes e os erros comportamentais que atormentam a todos nós. Na Vitality, nosso objetivo é ajudar a proteger e melhorar a vida de nossos membros ao longo do ano, combinando a ciência certa, a tecnologia certa e os incentivos certos. Estamos ansiosos para ajudar a fazer de 2022 o seu ano mais saudável - estaremos incentivando (e torcendo) por você ao longo do caminho.

Lianne E. Jacobs, MPH, estrategista de comunicações em saúde, tem mestrado em saúde pública pela Universidade de Yale. Ela é a única instrutora de ciclismo indoor que não sabe andar de bicicleta. Gosta de viajar pelo mundo, rir de suas próprias piadas e enganar o marido para que coma produtos assados ​​feitos com vegetais escondidos.


VEJA TAMBÉM

Entenda os riscos para a saúde mental nos apps de relacionamento

Brasil é o segundo país em número de usuários

SAIBA MAIS

Dançar ajuda a amenizar os sintomas da depressão 

Atividade física libera hormônios que auxiliam a saúde mental

SAIBA MAIS

Conheça os benefícios da música para a saúde mental

Musicoterapeuta destaca a ajuda na memória e nas conexões cerebrais

SAIBA MAIS

Simplicidade e bem-estar mental: como ações simples  podem ajudar a equilibrar a mente

Psiquiatra aponta o celular como vilão para manter a saúde mental em dia

SAIBA MAIS

NAVEGUE POR CATEGORIAS