CONTEÚDOS

Nutrição Vitality

Heading

Saiba como economizar na hora das compras sem sair da dieta

Se você tem o hábito de ir ao supermercado fazer as compras do mês, com certeza, tem se assustado com os preços dos alimentos. Isso fica ainda pior quando o consumidor deseja optar por ingredientes saudáveis. De acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),os alimentos estão 15,38% mais caros.  

Os tubérculos e raízes,como batata doce, inhame e abobrinha, por exemplo, acumularam uma alta de 68% nos últimos 12 meses, 46,75% somente em 2022. E não é só isso. Cenoura e tomate despontam com 195% e 117,48% de aumento, respectivamente, em um ano. Por isso,a nutricionista clínica Winnie Salles vai apresentar algumas dicas para que assuas compras saudáveis não gerem um rombo no seu orçamento.  

“As pessoas sempre perguntam se há um melhor dia da semana para ir ao mercado. Segundo economistas, após o dia 10 de cada mês, os preços dos alimentos ficam bem mais baratos. Por isso, organize-se para ir às compras no momento certo. Outro conselho: nunca saia de casa sem uma lista de compras. Veja o que de fato você precisa e disponibilize um valor do seu orçamento para ir às compras”.  

A profissional também lembra que, além dos tubérculos e raízes já citados aqui, algumas proteínas e laticínios, queridinhos dos adeptos da academia, também estão mais caros: “Alguns exemplos são as carnes nobres, como o filé mignon, queijos, como o minas meia cura, leite desnatado, peixes de água doce, como tilápia, e o iogurte. Ovos,sardinha in natura, couve e feijões (preto ou grão de bico) são as opções mais viáveis neste cenário atual”.  

O ovo, aliás, pode ser um coringa na hora das compras. No grupo das proteínas,ele ainda é o mais acessível, é duradouro e capaz de se transformar em diferentes pratos. Todos bastante econômicos. “Indico sempre as receitas clássicas, como a omelete. Se colocar uns legumes, aqueles que já estão há alguns dias na geladeira e podem estar passando do ponto, fica melhor ainda. E vai render bem mais”, finaliza a nutricionista. 

VEJA TAMBÉM

Conheça alguns alimentos que ajudam a evitar o câncer de mama

Nutricionista recomenda frutas vermelhas e vegetais

SAIBA MAIS

Nova rotulagem dos alimentos: o que muda na hora das compras? 

Engenheira de alimentos explica como a mudança pode afetar a saúde

SAIBA MAIS

Obesidade infantil: conheça os riscos e saiba como evitar

Pesquisa aponta que problema já atinge 1 em cada 10 crianças brasileiras

SAIBA MAIS

Veja alimentos que ajudam a combater a depressão

Frutas, legumes e grãos integrais ajudam a diminuir os sintomas

SAIBA MAIS

NAVEGUE POR CATEGORIAS