CONTEÚDOS

Treine com Saúde

Heading

Dia das Mães: Saiba quais são os exercícios recomendados na gravidez

Atenção gestantes e puérperas de plantão, que tal reservar um tempinho na agenda para fazer exercícios físicos? Fiquem tranquilas, não estamos falando de Crossfit ou um treino de musculação muito pesado, mas caminhadas, alongamentos, aulas de dança, ioga e várias outras opções que podem ajudar, e muito, a manter tanto a saúde das mulheres que estão grávidas quanto daquelas que tiveram bebê recentemente.

“A prática de atividade física durante a gestação é importante pelo fato de evitar doenças gestacionais como diabetes e, também,hipertensão arterial. Dores, enjoos, inchaço e indisposição também são minimizados. Já as mamães recentes devem praticar atividade física para controlar a ansiedade, promover relaxamento e aumentar a qualidade do sono”, explica Humberto Luiz, educador físico e professor do Centro de Treinamento de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O profissional acrescenta ainda que há um estudo da Universidade de Montreal que mostra que o aumento da circulação de sangue na placenta causada pelos exercícios aeróbicos melhora a oxigenação do bebê no útero e favorece o desenvolvimento cerebral. “Claro, é importante ter a autorização médica, e, geralmente, essa liberação acontece a partir do 3° mês de gestação. Ou seja, não existe risco de o feto sofrer qualquer dano”, diz Humberto Luiz.

Sendo assim, é hora de anotar quais exercícios são mais benéficos para a sua saúde neste momento. São eles: dança, alongamentos, ioga, hidroginástica e pilates.

A dança melhora a capacidade respiratória, controla o ganho de peso e promove o relaxamento, diminuindo a ansiedade, sintoma bastante comum no pré e pós-parto. Já os alongamentos são importantes para a flexibilidade. Aioga também ajuda no equilíbrio e no tônus muscular.

“Alguns exercícios respiratórios podem ser usados durante o trabalho de parto.  A hidro melhora a capacidade cardiovascular e tonifica os músculos. A água reduz o peso da barriga durante os exercícios e o impacto nas articulações. O Pilates fortalece a musculatura do assoalho pélvico, ajudando a sustentação do peso da barriga eo parto normal. Após o parto, também fortalece os músculos do abdômen,melhorando a postura”, afirma o educador físico.

Por outro lado, os exercícios de grande impacto como abdominais intensos, atividades em grandes altitudes, que envolvam lutas, jogos com bola, corridas muito longas, pedalar nos últimos meses de gestação e musculação são desaconselhados. “Quando a mulher precisa repousar ou tem descolamento da placenta, o ideal é não se exercitar. A saúde da mãe e do bebê precisam vir em primeiro lugar”, finaliza Humberto.

 

VEJA TAMBÉM

No Dia dos Pais, descubra os melhores exercícios e brincadeiras para fazer em família 

Veja as atividades que auxiliam na saúde e no desenvolvimento infantil

SAIBA MAIS

Manhã, tarde ou noite: qual horário é mais indicado para fazer exercício físico?

Veja dicas de acordo com o horário do seu treino

SAIBA MAIS

Treino a dois: descubra os benefícios de se exercitar juntos

Hábito pode melhorar a atração e a comunicação no relacionamento

SAIBA MAIS

Dia das Mães: Saiba quais são os exercícios recomendados na gravidez

Educador físico lista atividades que ajudam a relaxar no período

SAIBA MAIS

NAVEGUE POR CATEGORIAS