CONTEÚDOS

Treine com Saúde

Heading

Saiba como alcançar o bem-estar físico sem comprometer a vida profissional e pessoal

Muitas pessoas almejam alcançar o tão sonhado bem-estar físico, mas encontram uma barreira: aliar atividade física com a correria da vida profissional e pessoal. Como resultado, acabam deixando o exercício de lado. De acordo com dados do Ministério da Saúde publicados no fim de 2021, 47% dos brasileiros adultos não chegam a praticar 75 minutos de atividade física intensa ou 150 minutos de exercícios moderados durante a semana, como é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Uma solução rápida e prática para este impasse seria adotar exercícios simples como caminhadas ao ar livre e subir e descer escadas. “Qualquer atividade, se bem acompanhada e programada por um profissional de Educação Física, não vai interferir na vida profissional nem pessoal. Pode ser desde uma caminhada até um treino de crossfit, da hidroginástica ao ballet (ou até vários deles combinados)”, explica Evelyn dos Santos, professora de educação física especialista em atletismo e assistente no reality ‘Juju Boot Camp’, transmitido pelo canal E!Entertainment.

Segundo Evelyn dos Santos, sair do sedentarismo é sempre bom. Seja da maneira que for. “Trocar o elevador pelas escadas, andar alguns pontos de ônibus, trem ou metrô são formas de queimar calorias, fortalecer as pernas, o bumbum e melhorar a aptidão cardiorrespiratória, por exemplo. Subir escadas traz isso de uma forma mais eficiente, pela inclinação, pela biomecânica do movimento e pela gravidade. Vale tudo para não ficar parado e trazer mais saúde física e mental para as nossas vidas”, enfatiza.

Para os que não são apaixonados por academia, há também formas de obter um condicionamento melhor, segundo Evelyn. “Academia não é a única forma de chegar ao objetivo, seja ele ganho de massa muscular, perda de peso, definição ou saúde. O que vai gerar resultado é a perda calórica, o trabalho das fibras para hipertrofiar e o funcionamento melhor do sistema cardiorrespiratório. E isso, nós conseguimos com diferentes estímulos”.

Portanto, aí vão algumas dicas de exercícios que podem ser feitos bem longe das quatro paredes da academia. “Corrida, dança, treinamento funcional, yoga e a prática de algum esporte. Gostar do que está fazendo já é uma boa parte percorrida do caminho. Mas, aprender a gostar do que te faz bemtambém ajuda muito”, diz a educadora. Ela finaliza: “Quanto mais cedo você começar a se exercitar, maior será a facilidade em todos os sentidos: fisiológico e  biomecânico. Porém, nunca é tarde para começar. O que importa é decidir se cuidar em algum momento. Não só pela estética, mas principalmente pela saúde e qualidade de vida”.

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Saiba quais são os exercícios recomendados na gravidez

Educador físico lista atividades que ajudam a relaxar no período

SAIBA MAIS

Saiba quais são as principais mudanças no estilo de vida para combater a hipertensão

Exercícios físicos regularem ajudam a diminuir o risco

SAIBA MAIS

Veja três dicas para adaptar a atividade física à rotina

Horários, ambiente e sono influenciam os hábitos esportivos

SAIBA MAIS

6 dicas para incorporar 30 minutos diários de exercícios

Aumentar as atividades habituais, como subir escadas, também ajuda

SAIBA MAIS

NAVEGUE POR CATEGORIAS