CONTEÚDOS

Treine com Saúde

Heading

Saiba os cuidados ao voltar a praticar atividade física

Muitas pessoas sentem dificuldade de voltar a rotina de treinos depois de um tempo ocioso. Horários trocados, comilança, poucas horas de sono e nenhum tempo para o exercício físico. Para Alexandre Scanutto, educador físico especializado em reabilitação de lesões e doenças os exames laboratoriais devem ser um pré-requisito.

“Muitas pessoas que não fazem exercício durante um longo tempo acham que a volta requer apenas colocar um tênis confortável, ativar a matrícula na academia e se exercitar. Mas não é assim que funciona. Depois de um tempo de sedentarismo, é de extrema importância procurar um médico e fazer um exame geral. Se estiver tudo bem, aí sim é permitido voltar a treinar de forma segura e sem medo”, explica.  

De acordo com Alexandre, outro passo importante é voltar a se exercitar tendo o auxílio de um professor: “Por mais que você conheça o seu corpo, você não tem um olhar trabalhado como o de um profissional. O corpo tem memória muscular, mas elas são ativadas aos poucos, com pequenos estímulos. Com acompanhamento, você é orientado a ter objetivos de curto prazo e consegue manter a constância dos exercícios, algo que é essencial na hora de ter resultados”.  

E para os ansiosos de plantão, o conselho do instrutor é ir com calma. Nada de exagerar nas cargas na hora de fazer musculação ou morar na academia. “O desespero por recuperar o tempo perdido faz as pessoas perderem a noção. Já tive alunos que confessaram que depois de um tempo parado, voltaram a treinar e iam para a academia duas, três vezes por dia. Outros ficavam treinando por mais de três horas. É preciso deixar bem explicado que nada disso adianta. O corpo não vai alcançar o objetivo desejado só porque você quer e tomou medidas extremas. Tempo, paciência e constância são primordiais”.

Para evitar lesões, Alexandre dá dicas dos exercícios que devem ser prioridade ao retornar a rotina de exercícios. “Opte por caminhadas de 30 a 40 minutos, três vezes na semana. Quando for fazer musculação, escolha o agachamento livre, o ideal é fazer de três a quatro séries de 15 repetições. Abdominais de quatro a cinco séries de 10 repetições e flexão de braço, três séries de 10 repetições, também são boas opções. Todos estes exercícios têm intensidade moderada e fácil execução. E não esqueça do alongamento. Após um tempo sem praticar exercícios, os músculos ficam retraídos e o alongamento ajuda a liberá-los”.

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Saiba quais são os exercícios recomendados na gravidez

Educador físico lista atividades que ajudam a relaxar no período

SAIBA MAIS

Saiba quais são as principais mudanças no estilo de vida para combater a hipertensão

Exercícios físicos regularem ajudam a diminuir o risco

SAIBA MAIS

Veja três dicas para adaptar a atividade física à rotina

Horários, ambiente e sono influenciam os hábitos esportivos

SAIBA MAIS

6 dicas para incorporar 30 minutos diários de exercícios

Aumentar as atividades habituais, como subir escadas, também ajuda

SAIBA MAIS

NAVEGUE POR CATEGORIAS